Dica Cultural. Visita a Usina Chaminé

Foto: Secretaria de Cultura

Originalmente, o prédio tinha a finalidade de ser usina de tratamento de esgotos da cidade. Foi construído em 1910 pela empresa inglesa Manáos Improviments, concessionária de serviços de saneamento, contratada pelo governo estadual a partir de 1906.

Com características neo-renascentistas, o prédio possui, ao lado direito, uma chaminé de 24 metros, construída com tijolos compactos refratários, coroada por um chapeló em ferro moldado. Por isso, ficou conhecido como Chaminé.

Tombado como Monumento Histórico do Amazonas em 1988, a edificação foi reformada em 1993 como Centro de Artes Chaminé para abrigar a Pinacoteca do Estado, com exposições temporárias.

Em 2002 o prédio recebeu nova reforma, já como Usina Chaminé, e foi reaberto como parte das ações do Programa de Preservação da Natureza da Memória Cultural e Histórica do Amazonas.

Atividades Desenvolvidas

A Usina Chaminé dispõe em sua área interna salas para exposições permanentes e temporárias, além do Espaço Criança com projeção de filmes, oficinas infantis e teatro de fantoche.  Em sua aérea externa uma arena para espetáculos.

Acervo do Espaço

A Usina Chaminé conta com acervo das exposições temporárias e permanentes como também o acervo do espaço criança que em seus três ambientes possui equipamentos adaptados ao público infantil.

Eventos Realizados

O Espaço Criança realiza diversas atividades mediante agendamento de escolas por meio da Central Pedagógica da Secretaria de Estado de Cultura (SEC) e atividades conforme as datas comemorativas.

Os demais eventos realizados neste espaço de cultura dão-se em virtude da abertura das exposições temporárias, que dispõe de 03 salas localizadas no andar térreo do prédio.

❱ Endereço: Av. Lourenço da Silva Braga (antiga Manaus Moderna) s/n – Centro – Manaus, Am, Brasil – CEP: 69.005-015.

❱ Telefones: +55 (92) 3633-3026

❱ Email: usinachamine@culturamazonas.am.gov.br

❱ Visitação: De terça a sexta-feira, das 9h às 14h e sábado, das 9h às 13h  | Entrada Franca

Fonte: Secretária de Cultura

Facebook

Links